Importância do Atendimento de Emergência


18 de Setembro, 2019
c d i

Milhares de vidas são salvas a cada ano pelo atendimento médico de urgência. Os avanços no campo da saúde, nos últimos 50 anos, foram significativos. No século passado, a maioria dos pacientes de emergência que entravam nos hospitais, acabava morrendo. Hoje se observa que, em grande parte, os pacientes conseguem recuperar-se e retornam a uma vida normal.

Mal súbito, doenças graves e os traumas produzidos pelos acidentes podem ocasionar a morte, antes mesmo de o paciente chegar ao hospital. O sistema de saúde procura prevenir tais mortes, ampliando o seu campo de atuação. A assistência começa no local da emergência e continua durante o transporte ao hospital. Após o transporte, efetuado pelo serviço de emergência, ocorre a transferência do paciente para o pronto-socorro, assegurando a continuidade do atendimento. Essa assistência profissional é acompanhada por uma cadeia de recursos humanos, que trabalhando em conjunto, formam o Sistema de Assistência às Emergências em Saúde (SAES). A base da organização do Sistema de Assistência às Emergências é o hospital ou outro estabelecimento de saúde. Médicos, enfermeiros e outros profissionais estão aptos a oferecer a assistência integral ao paciente.

A falta de pessoal suficientemente treinado para o atendimento às emergências, antes da chegada do serviço de atendimento pré-hospitalar, representa o elo mais fraco na organização do SAES. O treinamento de socorristas pode contribuir para a diminuição deste problema.



SAUTEC Instituto